Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

moradias-estudantis  web

_ O Escritório USP Mulheres e a Superintendência de Assistência Social (SAS) lançam neste mês de março a  campanha Moradias estudantis sem violência de gênero que visa desvelar, nomear e dar visibilidade às diferentes formas de violências de gênero que podem ocorrer no âmbito das moradias estudantis, sejam elas institucionais ou nas repúblicas de estudantes que se formam no entorno de cidades universitárias. Assim como na sociedade em geral, as moradias estudantis e demais espaços comuns na universidade são ambientes nos quais essas formas de violência, suas desigualdades e assimetrias podem se manifestar.

Com caráter informativo e educativo, a campanha conta com seis peças que retratam diferentes violências de gênero com o pano de fundo das moradias estudantis, seguidas da identificação da violência representada em cada história e de orientações de onde buscar ajuda.

Contextualização

A presente campanha se localiza como um desdobramento da criação do Protocolo de atendimento da SAS para casos de violência de gênero contra mulheres na Universidade, elaborado ao longo do ano de 2020, no contexto da pandemia da covid-19, a partir da leitura de referenciais técnicos e discussões entre a equipe da SAS e a área de Programas do Escritório USP Mulheres, contando com contribuições fundamentais das assistentes sociais de outros campi da USP. A portaria que institui o protocolo foi assinada pelo Reitor Vahan Agopyan ( Portaria GR Nº 7653 ), em dezembro de 2020.

Para dar visibilidade às mudanças e impactos na vida das mulheres com a pandemia de covid-19, o Escritório USP Mulheres realizou duas campanhas em 2020: a primeira "A USP unida pela igualdade de gênero" procurou conscientizar a comunidade universitária sobre a necessidade de uma justa divisão de tarefas domésticas e de cuidados com familiares, durante (e após) o período de isolamento social e a segunda, "A USP 'mete a colher' na violência doméstica", visava incentivar a comunidade universitária a identificar esse grave problema social, oferecer ajuda e intervenção adequadas, ampliando o debate e o conhecimento de recursos disponíveis em sua região.

Para saber mais sobre a campanha Moradias estudantis sem violência de gênero,  clique aqui.

Para acessar informações sobre o protocolo e agendamento com as assistentes sociais da SAS, clique aqui

Profa. Maria Arminda do Nascimento Arruda
Coordenadora do Escritório USP Mulheres
Universidade de São Paulo

Prof. Gerson Yukio Tomanari
Superintendente de Assistência Social
Universidade de São Paulo 

USP Mulheres
Av. Profº Lúcio Martins Rodrigues, 310
bloco B - 2º andar - Sala 03.
CEP: 05508-020
Cidade Universitária
São Paulo - SP | Brasil.

Telefones: (11) 2648-1371
Facebook: facebook.com/uspmulheres
Instagram: @uspmulheres
Site: uspmulheres.usp.br

moradias-estudantis cartazes

Previous Next
  • 1
  • 2
  • 3
leia mais
25ª Semana de Arte e Cultura na USP _ De 26 a 30 de setembro acontece a 25ª Semana de Arte e Cultura na USP. O evento é uma construção conjunta da Pró-Reitoria de Cultura e...
leia mais
leia mais
Resultado - Seleção de bolsistas sala pro-aluno 2022 - 2023 Resultado Seleção - Bolsistas pro-aluno do IAU - 2022 - 2023 Informamos a relação de CANDIDATOS SELECIONADOS para compor o quadro de bolsistas da...
leia mais
leia mais
Inovação, história e sustentabilidade: conheça o projeto do novo bloco didático do IAU Pioneirismo. Talvez essa seja a melhor palavra para resumir o projeto que vai revolucionar a estrutura do Instituto de Arquitetura e Urbanismo...
leia mais
leia mais
Carta às Brasileiras e aos Brasileiros em defesa do Estado Democrático de Direito Em agosto de 1977, em meio às comemorações do sesquicentenário de fundação dos Cursos Jurídicos no País, o professor Goffredo da Silva Telles...
leia mais
leia mais
Pró-Reitoria de Inclusão Social é criada pela USP Em reunião do Conselho Universitário da USP realizada nesta terça-feira (3), foi aprovada a criação da Pró-Reitoria de Inclusão e Pertencimento...
leia mais
leia mais
ações para conter a epidemia causada pelo Covid-19 O Brasil ultrapassa o número de 680.000 mortes causadas pela Covid 19. No dia 10/03/2021, com 2.349 óbitos, foi ultrapassada pela primeira vez a...
leia mais
leia mais
campanha "Moradias estudantis sem violência de gênero" _ O Escritório USP Mulheres e a Superintendência de Assistência Social (SAS) lançam neste mês de março a  campanha Moradias estudantis...
leia mais