Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

Com 1.600 confirmações via Facebook, vão livre do Masp ganha abraço neste sábado (7)

abracoMasp

O Grupo "O vão livre do Masp merece um abraço de São Paulo" convoca para a manhã deste sábado (7/12), às 11 horas, no Museu de Arte de São Paulo (Masp), na capital paulista, a população a se manifestar pela manutenção do espaço público.

O grupo, formado por voluntários e que não tem nenhum vínculo institucional ou político, defende "um abraço que defenda a liberdade política que ele representa, que o proteja da violência urbana a que está sujeito, que ampare aqueles que ali estão e necessitem de ajuda; um abraço que represente o afeto desta sociedade pelo museu que ela reconhece como seu principal ícone; um projeto de sociedade democrática e não um simples sonho frustrado!". Este é o texto da convocatória para a manifestação que está sendo veiculada em no Facebook (veja link ao final do texto) onde os interessados poderão aderir. Até às 13 horas desta sexta-feira (6), mais de 1.600 pessoas já confirmaram presença no evento.

A manifestação foi convocada pelo grupo "O vão livre do Masp merece um abraço de São Paulo", que tem como comissão organizadora Renato Anelli, Abilio Guerra, José Lira, Cecilia Lucchese, Liana Perez de Oliveira, Lucas Caracik e Daniel Luciancencov Petrillo. A iniciativa conta com o apoio do Instituto Bardi e Sindicato dos Arquitetos no Estado de São Paulo. A comissão já iniciou contatos para solicitar a autorização do uso do espaço e viabilizar segurança pública e controle do trânsito neste sábado.

Segundo o arquiteto Renato Anelli, diretor do Instituto Bardi e professor do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) da USP São Carlos, a adesão ao evento não deixou de ser uma agradável surpresa. "O movimento começou entre amigos e literalmente foi abraçado pela comunidade. Estaremos todos juntos neste sábado no Masp", fala Anelli.

(com informações do Portal Vitruvius)

Link Facebook:

https://www.facebook.com/events/611081192288047/?ref=ts&fref=ts