Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

Moção Congregação-IAU em favor da manutenção e continuidade das creches da USP

 logo iau noticias

- A constatação da crise financeira que atinge hoje a Universidade de São Paulo tornou-se lugar comum. No bojo dessa crise, ganhou força um discurso que preconiza a restrição orçamentária privilegiando as atividades–fim. Um conjunto de medidas ancoradas nesse ideário foi posto em prática nos últimos anos: cortes de custos e, precarização, eliminação ou terceirização de serviços acabaram por se constituir em lugar comum da vida dessa Universidade.

Nesse horizonte, o sistema de creches da USP - como parte de um conjunto de providências que inclui o auxílio para as famílias que estão fora desse sistema – reconhecido pela qualidade do trabalho que desenvolve, veio se tornando um alvo de proposições restritivas que no limite anunciam seu estrangulamento progressivo, rumo à sua extinção. Uma dessas medidas implementadas pela Superintendência de Assistência Social vem impedindo o ingresso de crianças nas cinco creches da Universidade. Ainda que essa impossibilidade seja parcialmente compensada pelo auxílio às famílias, o que não deixa de gerar custos extras à Universidade, as creches vêm operando abaixo de sua capacidade física e de recursos humanos, prática claramente incompatível com a maximização de utilização de espaço e de pessoal qualificado.

Mesmo conhecendo a dimensão da crise financeira que atinge as universidades e o caráter sistêmico de um conjunto de atenção composto por creches e auxílio financeiro às famílias com crianças abaixo da idade escolar, os membros da Congregação do IAU-USP vêm a público explicitar o reconhecimento da qualidade das creches da Universidade, bem como solicitar a manutenção e continuidade desse serviço, o que pressupõe a utilização plena de sua capacidade com o acolhimento do número máximo de crianças em suas instalações. Consideramos que pela qualidade da atenção oferecida às crianças e suas famílias, a continuidade das creches faz parte das medidas de inclusão hoje claramente vinculadas às reivindicações de direitos das mulheres e das crianças que acabam por compor as necessidades daqueles que se congregam na comunidade dessa Universidade.

Congregação do Instituto de Arquitetura e Urbanismo
São Carlos, 5 de agosto de 2016