Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

Docente do IAU é selecionado no Programa USP-Santander: Novos Docentes, Novas Parcerias Internacionais

agencia-usp-inovacao

- O Professor Tomás Moreira, docente do Instituto e Arquitetura e Urbanismos de São Carlos (IAU/SP), foi selecionado no Edital 527 / 2016 - Novos Docentes, Novas Parcerias Internacionais do Programa USP-Santander de Mobilidade Docente, para missão internacional de implementação de novas parcerias internacionais junto à Université du Québec à Montréal.

O Professor Tomás Moreira juntamente com a Professora Anne Latendresse, do Departamento de Geografia da Université du Québec à Montréal propõem a pesquisa: "Olhares Cruzados de Experiências em Cooperativas de Habitação: Quebec/Ca e São Paulo/Br".

Destaca-se o interesse acadêmico por este objeto tendo em vista as práticas profissionais de ambos participantes, do docente proponente e o docente receptor. Ambos os pesquisadores têm trajetórias acadêmicas com focos relacionados a análises de planejamento participativo, políticas urbanas e habitacionais.

O Professor Tomás Moreira salienta que diferentes iniciativas de Cooperativas Habitacionais e as formas de participação dos movimentos sociais, em realidades distintas, têm sido revistas, tendo em vista as crises econômicas e sociais, as reestruturações de Planos Nacionais e Locais de Habitação Social, bem como pelo processo de 'privatização da habitação social'.

As iniciativas de Cooperativas Habitacionais, no Canadá, bem como o Programa Minha Casa Minha Vida Entidades, no Brasil, são exemplos concretos que se encontram em processo de revisão tendo em vista crises sociais e econômicas, de ambos os países, bem como de processos de urbanização e das práticas de planejamento participativo, que têm favorecido projetos das elites e privilegiado os interesses ligados ao sistema de reprodução e acumulação capitalista em detrimento da busca pela redução das desigualdades sócio espaciais.

A pesquisa ao estabelecer olhares cruzados sobre ambas as experiências poderá iluminar as práticas de cada realidade, bem como trazer novos referencias para ambos os casos.