Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

PRÓ-SALAS: Ensino, Processo e Projetos

release imagem evento web

- No último dia 25 de outubro, no Espaço 7 ocorreu o lançamento da Mostra, "Pró-Salas. Ensino, Processo e Projetos". A exposição, que apresenta e contextualiza a produção do Programa Pró-Salas, núcleo de São Carlos, ao longo de cinco gestões da Pró-Reitoria de Graduação (1996-2014), estará aberta até o próximo dia 15 ed novembro no Postão do IAU - USP.

Criado em 1996 na gestão do Prof. Carlos Alberto Barbosa Dantas, ou simplesmente Prof. Caio Dantas (1993-1997), do Instituto de Matemática e Estatística, o Pró-Salas foi mantido e cultivado pelas subsequentes gestões da Pró-Reitoria de Graduação conduzidas pelas professoras: Ada Pellegrini Grinover (1997-2001) da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, Sonia Teresinha Penin (2001-2005) e Selma Garrido Pimenta (2005-2009), ambas da Faculdade de Educação, e Telma Zorn (2010-2014) do Instituto de Ciências Biomédicas.

Em seu Relatório de Gestão o Prof. Caio afirma: " [....] o Programa de Recuperação de Salas de Aula (Pró-Salas) fazia-se necessário em decorrência da constatação de que um grande número de salas de aula da USP apresenta problemas de iluminação, acústica e conforto ambiental, o que em geral implica em perda de rendimento dos alunos. A Pró- Reitoria de Graduação criou o Pró-Salas [....], com a finalidade de identificar, planejar e corrigir as situações detectadas".

A continuidade do Pró-Salas compreendeu a ampliação de seu escopo, não mais se restringindo a salas de aula. O Programa manteve destacada atuação na requalificação de espaços, não apenas didáticos, da Universidade - por exemplo, junto ao Programa Pró-Ed.

Para além de toda a contribuição para com a recuperação de ambientes de ensino da Universidade, o Pró-Salas ofereceu a oportunidade de um espaço inovador de ensino e aprendizagem ativa em que os estudantes/estagiários participavam de todas as fases do projeto, ao mesmo tempo em que adquiriam capacitação profissional. De fato, tornou-se um marco enquanto programa de capacitação discente e formação complementar de alunos da Universidade. Com o passar dos anos estabeleceu-se como referência para outras iniciativas similares, dentro e fora da Universidade - por exemplo, tendo seus Manuais e Procedimentos incorporados a processos licitatórios da Universidade Federal do Tocantins, conforme orientação do Tribunal de Contas da União.

Mas mais do que isso, constituiu-se não enquanto espaço de um escritório ou núcleo experimental de projetos, mas sim enquanto espaço experimental de um ambiente do contínuo aprender, de superação de obstáculos, do compartilhamento do saber e dúvidas, da aprendizagem como ação de busca, de investigação contínua, em que o "aluno" era muitas vezes o timoneiro . Como ensina Rancière, há uma analogia direta entre a emancipação intelectual e a ação política, mas essa emancipação nada tem que ver com uma ou outra doutrina, mas sim com o modo com o qual se lida com o saber.

Descontinuado ao início de 2014, o Pró-Salas permaneceu ativo até o final do mesmo ano em função da contribuição da Direção e de docentes do IAU.

release imagem evento 03 web

release imagem evento 04 web

release imagem evento 05 web