Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

Livre-Docência no IAU: Eulália Portela Negrelos

 livre-docencia-Eulalia web

_ Nos próximos dias 18 e 19 de fevereiro, o Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU/USP) realizará o Concurso de Títulos e Provas para obtenção de título de Livre-Docente, em atendimento ao edital 02/2018, tendo como candidata a docente do IAU, Eulália Portela Negrelos, com o projeto intitulado "Estado, planejamento e habitação no Brasil entre as décadas de 1960 e 1980. A forma urbana conjunto habitacional no quadro da crítica ao movimento moderno".

Eulália será a terceira docente do IAU nos últimos dez anos a se candidatar à Livre-Docência, o que colabora expressivamente para o desenvolvimento da Unidade como um todo, e serve como incentivo e inspiração aos outros docentes doutores do Instituto que, atualmente, conta com nove professores Associados (Livre-Docentes) e quatro professores Titulares.

Livre-Docência na USP

Durante sua vida acadêmica, docentes de instituições públicas de ensino superior buscam a progressão em suas carreiras, a partir das suas atuações no Ensino, na Pesquisa e na Cultura e Extensão, e um dos níveis dessa ascensão é a Livre-Docência, título concedido para pesquisadores com título de Doutor, e que atesta uma qualidade superior na docência e na pesquisa.

Na Universidade de São Paulo (USP), os concursos para Livre-Docência são abertos duas vezes ao ano (normalmente em março e outubro), e todos os docentes efetivos com título de Doutor podem participar.

Assim como nas defesas de Mestrado e Doutorado, na Livre-Docência, os candidatos são também avaliados por uma banca, devem apresentar e defender um projeto de pesquisa, fazer uma prova pública de arguição e julgamento de memorial, fazer uma prova escrita e uma prova prática, esta última normalmente relacionada ao tema do projeto apresentado.

Em setembro de 2018, o Conselho Universitário (CO/USP) aprovou algumas mudanças nos concursos de Livre-Docência, entre elas que os candidatos da universidade possam apresentar os memoriais circunstanciados em português ou em outro idioma (leia mais aqui).

No site www.teses.usp.br, é possível também encontrar diversas teses de Livre-Docência defendidas na USP, entre elas a da professora Anja Pratschke, última docente a realizar o concurso no IAU, intitulada "O barco, o mar e o timoneiro: processos de projeto e cibernética na cultura digital", defendida em setembro de 2017 (clique aqui para acessar).