Instituto de Arquitetura e Urbanismo de São Carlos

Professoras da USP lançam livro "Financeirização e estudos urbanos na América Latina"

Livro

Estimular a reflexão sobre as mudanças na produção do espaço brasileiro e latino-americano ocorridas no século XXI. Esse é o objetivo do livro "Financeirização e Estudos Urbanos na América Latina", escrito pelas professoras da USP Lúcia Shimbo e Beatriz Rufino, do Instituto de Arquitetura e Urbanismo (IAU) e da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), respectivamente.

O livro reúne pesquisas desenvolvidas por jovens de diferentes áreas, como geografia, arquitetura, urbanismo, economia e sociologia, o que reforça o caráter interdisciplinar dos estudos, realizados no Brasil, Argentina, Chile e México. Na obra, o público poderá acompanhar uma seleção de trabalhos apresentados no Seminário Internacional "Financeirização e estudos urbanos: olhares cruzados Europa e América Latina", realizado no IAU, em 2018.

O lançamento do livro está marcado para a próxima quarta-feira (6), às 17h30, no auditório Paulo de Camargo e Almeida do Instituto. Mais cedo, às 16h, no mesmo local, haverá uma mesa-redonda com o tema "Finanças e projetos urbanos em São Paulo". Duas apresentações servirão de base para o debate: "Operações urbanas consorciadas: financeirização urbana sem investidores financeiros?", que será ministrada pela pesquisadora Laisa Stroher, da Universidade Federal do ABC (UFABC), e "Controle de risco: do Arco Tietê aos Projetos de Intervenção Urbana", que será apresentada por Fernanda Pinheiro da Silva, cientista da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As duas convidadas são autoras de alguns capítulos do livro que será lançado no IAU.

Sobre as participantes:

Laísa Stroher é arquiteta e urbanista, doutora em Planejamento e Gestão do Território pela UFABC, com doutorado sanduíche em Geografia Econômica na Katholieke Universiteit Leuven (KU Leuven). É mestra pela FAU na área de Planejamento Urbano e Regional e pesquisadora do Laboratório de Estudos e Projetos Urbanos e Regionais (LePur) da UFABC, atuando nas áreas de Neoliberalização e Financeirização da Produção do Espaço. Ela também atua como professora e consultora nas áreas de Planejamento Urbano e Habitacional.

Fernanda Pinheiro da Silva é geógrafa e mestra em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da USP (FFLCH-USP). Ela se dedica a temáticas relacionadas à Produção do Espaço e desenvolve pesquisas sobre a urbanização de São Paulo. Um dos destaques de seu trabalho fica por conta da análise de grandes projetos urbanísticos, a normatização jurídica e as estratégias de expropriação. Atualmente, integra a equipe de pesquisa sobre desastres socioambientais, no Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV.

Beatriz Rufino é professora da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU/USP) e do Programa de Pós-graduação em Arquitetura e Urbanismo da mesma Instituição. Participa e coordena pesquisas nacionais e internacionais na área de Planejamento Urbano, focando nos temas: Políticas Habitacionais, Parcerias Público- Privadas e Produção Imobiliária e de Infraestruturas. Ela é membro do Laboratório de Habitação e Assentamentos Humanos da USP (LabHab).

Lucia Shimbo é arquiteta e urbanista pela FAU e doutora em Arquitetura e Urbanismo pela Escola de Engenharia de São Carlos (EESC) da USP. Realizou pós-doutorado no LabHab e no Laboratório de Pesquisa Interdisciplinar Cidade, Espaço, Sociedade da Universidade de Lyon (França). Foi pesquisadora convidada do Collegium de Lyon entre 2018 e 2019 e, atualmente, é professora do IAU.

Texto: Henrique Fontes – Assessoria de Comunicação do IAU/USP

Mais Informações
Assessoria de Comunicação do IAU/USP
Telefone: (16) 3373-8773
E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.